Ler Artigo Baixar Artigo

Titulo: VIOLÊNCIA DE GÊNERO: OLHARES SOBRE A OPRESSÃO SOCIALMENTE SOFRIDA PELA MULHER

Resumo:

Usado para definir o conceito de gênero e a situação de privilégio, o androcentrismo é abordado na situação em que o homem vive inserido em um modelo patriarcalista e preconceituoso. Essa situação de privilégio retirou da mulher por muitos anos, a possibilidade de ser possuidora de direitos e de usufruir de os mesmos socialmente.

Dessa forma, conforme a visão patriarcalista ganhava força, a mulher ia sempre sendo esquecida, diminuída e ignorada, o que fez com que suas lutas por vez e voz perante a sociedade acontecessem de forma tardia e quase permanente.

O presente artigo aborda o tema da opressão da mulher na sociedade ao longo dos anos, suas lutas e conquistas, com foco na violência de gênero, que infelizmente existe desde os primeiros anos e continua até a atualidade.

No que se refere à discriminação de classe serão analisadas as questões históricas que afetam diretamente as mulheres, trazendo à discussão questões que existem desde antes do surgimento do capitalismo, porém com sua chegada, a situação de opressão à mulher teve uma significativa acentuação. Vale ressaltar nesse aspecto, os papéis que as mesmas precisam desempenhar para poder sobreviver perante uma sociedade machista, preconceituosa e discriminadora.